Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desde 1 de Janeiro de 2008.

iamcarmen

Desde 1 de Janeiro de 2008.

Sweet Desire - 12º

por iamcarmen, em 14.05.15

12º

 

Eu - Su!!! - entrei de rompante no quarto dela - Acorda, anda!

Su - oi?! que foi? - murmurava algures debaixo do lençol

Eu - não querias ir ao novo centro comercial na outra cidade?

Ela ergueu logo a cabeça da almofada e olhou-me muito atenta

Su - queria...quero. Porquê?

Eu - porque vamos...agora! Despacha-te!

Su - Desculpa?!

Eu - move it!!! - gritei-lhe

 

Su - então tu vires ás compras comigo. o.O

Eu - sim. - sorri

Su - admite mano, qual é a tua verdadeira ideia?

Eu - a Thaís faz anos hoje.

Su - estás a gozar? =O

Eu - sim..de tarde vamos á praia com eles e depois temos festa...Splash ou wtf!

Su - O.O

Eu - eu preciso de comprar uma prenda de anos para a Thaís e tu precisas de roupas novas para te fazeres ao piso com o Tom. Ajudamo-nos mutuamente. ^^

Su - Uma pergunta...Afinal o que existe entre ti e a Thaís?

Eu - pelo que me dei conta...namoramos.

Su - *.*

Eu - vá não comesses com ideias... - entramos no novo centro comercial

Eu bem que posso procurar isto tudo, mas nem uma ideia que tenho para a prenda para ela...e depois eu não sou rico como ela, logo tem que ser uma coisa dentro dos bons limites económicos (sorte eu ter recebido o aumento).

Su - roupa?

Eu - naaa...isso não lhe falta de certeza

Su - amh..perfume...

Eu - até é boa ideia mas e se ela já tiver o que lhe possa comprar?!

Su - mau...também começaram a namorar muito de repente, pá! - riu-se - mas ainda bem que estão juntos. ^^

Eu - dá-me mas é ideias, sim!

Su - ora... - olhava as montras - langerie? =P

Eu - =O

Su - é uma ideia sabes.

Eu - nem venhas...aliás não sei o número que ela veste. - corei

Su - pois sim...Bill és gajo e trabalhas numa loja de roupa, mas é claro que tens uma boa ideia do número que ela veste até porque tiras as medidas todas a ela só com o olhar. ^^

Eu - =$

Su - porque não lhe ofereces...uma joia?!

Eu - eu não sou rico como ela, sabes!

Su - então não lhe ofereças nada.

Eu - Su! - protestei - claro que ofereço, e depois ela ontem quis pagar o nosso jantar...logo sinto-me no direito de lhe oferecer uma prenda e...namoro com ela.

Ok, isto é demasiado estranho dito por mim e referente á Thaís. o.O

Su - aí porra!

- Olá Bill!

Parei de andar, Su seguiu-me o exemplo...olhámos atrás e a Ginny estava radiante atrás de nós.

Eu - Ginny. - dei-lhe 2 beijinhos na cara

Su - olá! - também lhe falou de beijinho

Ginny - por cá? =)

Eu - amh...sim...a minha irmã queria muito vir aqui e eu também precisava, então... - sorri

Ginny - é estranho ver-te por cá. - meteu-se entre mim e a minha irmã - que vem comprar?

Su - prendas e roupa. =D

Ginny - prendas?! Quem faz anos? Não me digas que me esqueci dos anos de alguém dos nosso amigos. - olhava-me curiosa

Eu - amh...não...é...

Ora Boa! Eu ainda não referi á Ginny que namoro com a gaja que ela mais detesta á face da terra. Junta-se então a Ginny que gosta de mim á mais de um ano, a Thaís que á menos de um mês e eu namoro com a Thaís, que por acaso a Ginny não a suporta. Bom, não? -.-'

Su - o meu irmão vem comprar a prenda de anos da namorada. - já fui

Ginny - o quê???? - guinchou

Su - Sim...N.A.M.O.R.A.D.A

Ginny - tu namoras?! - arregalava-me muito os olhos - com quem? Desde quando?

Eu - eu a...á 2 dias. - corei

Ginny - como... - murmurou

Eu - sim, namoro á 2 dias.

Ginny - quem é ela? - parecia ver as lágrimas brilharem nos seus olhos

Eu - com a Thaís. - falei quase em sussurro

Ginny ficou sem cor na cara, hirta, as lágrimas brilharam nos seus olhos com intensidade.

Ginny - pensei que não gostavas dela...principalmente, assim.

Eu - é estranho, tipo, aconteceu...eu pensava ser uma curte mas realmente estamos a gostar um do outro. - falei um tanto sonhador

Ginny - óh...

Eu sei que agora caiu com maldade, mas é assim se tenho que falar da Thaís, eu divago por completo...é a beleza dela, a forma de ser, o temperamento espalha brasas e acima de tudo aquilo que descobri dela...uma rapariga incrível, sonhadora e carinhosa.

Ginny - já vi que estás bem feliz com ela. - baixou o olhar

Eu - sim. =S

A Su tinha-se afastado mesmo de prepósito. Parei de caminhar e sentei-me juntamente com a Ginny num banco.

Eu - Desculpa. Mas tu sabes Ginny que eu não consigo gostar de ti de outra forma a não ser como amiga.

Ginny - eu sei...

Eu - tu sabes que me dediquei a ti, mas não consegui sentir algo mais por ti. Somos amigos, sinto-me bem como teu amigo...não consigo...apaixonar-me por ti.

Ginny - mas á um ano que espero, na esperança de algo acontecer entre nós...e agora...de repente ela aparece, antes gozava-te e ridicularizava-te...e em quê...4 dias para aí que ela começou a falar contigo...agora já á 2 que namoram de verdade?!

Eu - sim. - corei - eu não imaginava, tu sabes. Mas conheci-a melhor, descobri o porquê de ela ser tão louca e um tanto provocadora...ela deixou-me entrar na sua vida...ela abdicou do Luke, que á mais de um ano andavam juntos, mesmo que só por ocasiões, porque ela...gosta de mim.

Ginny - e se estiver a gozar contigo?

Eu - eu sei que não está.

Ginny - não a conheces o suficiente. - ripostou

Eu - estou a conhece-la...mas eu sinto que ela está a ser verdadeira comigo, Ginny.

Ginny - Sim claro! Cala-te Bill, não a conheces...típica menina rica com a mania, gozona e armada em boa.

Eu - ao que párese Tu é que não a conheces. - defendi

Ginny - claro! - ironizou - ela não vai ser diferente do que já vistes...a Thaís é má ré!

Eu - para! - levantei-me - nem pareces tu Ginny! Eu estou a dar esta oportunidade e garanto-te assim que a Thaís vir que não consegue manter esta paixão ela diz e vai dizer-me a bem, sem bocas ou gozos. Ela é diferente do que a fazem...eu estou a conhecer o verdadeiro ela. E estou a gostar a sério.

Ginny - pois... - revirou os olhos

Eu - devias dar oportunidades, mesmo que a casos que parecem perdidos. Não te tornes mesquinha, Ginny. - adverti

Disse-lhe um breve adeus e fui para junto da minha irmã.

 

Su - ela gosta de ti...por isso fará tudo para te fazer pensar mal da Thaís.

Eu - já deu para notar. - caminhávamos lado a lado

Su - sabes...se o Luke a apanha, à Ginny , vais ter um namoro muito complicado. O Luke é apaixonado pela Thaís e a Ginny apaixonada por ti.

Eu - Espero que não.

Su - olha porque não lhe compras uma pulseira de prata...estão baratas e são muito bonitas, mano. - mudava o assunto

 

Fomos então à loja.

 

Chegamos á praia, tínhamos vindo em carros separados, visto que a Thaís iria jantar á casa do primo e a casa dele fica ainda um bocado longe. Senti o telemóvel a vibrar:

[Eu - sim?

Thaís - demoram?

Eu - noup...já estamos na praia - olhei a minha irmã

Thaís - Bom! - riu-se - Eu e o Tom estamos perto das rochas.

Eu - ok...vamos a caminho.]

Caminhamos mais um bocado...

Su - já estou a ver o Tom. =D

Eu - tu até ás escuras encontras o Tom. -.-'

Su - =P

Chegamos junto dele.

Tom - Hey!

Su - olá! - deu-lhe 2 beijinhos

Acenei ao Tom e mandei logo a toalha de praia para junto da mochila (de certeza) da Thaís.

Tom - a tua namorada anda armada em peixe. Diz que está demasiado calor para estar de corpo seco. - riu-se

Su - Estou a vê-la. - apontou o mar

Olhei...e...Wow... *.*

Estava com um biquíni novo, em preto e vermelho...um tanto assim para o curto, né verdade mas ok. Ela mexia no cabelo negro e escorria-lha a água, as gotas da água salgada deslizava até ao peito dela...Omg.

Eu - O.O

Tom - eu acho que aquele biquíni é...provocante de mais, sabes. - falou do nada

Ela avistou-me, sorriu abertamente e começou a correr até mim. Wtf?!

Thaís - =D

A gaja é doida, ela vem a correr e não abranda e...PIMBA mandou um salto que ficou ao meu colo. Só tive a reação de agarrá-la pelo rabo e ela beijo-me de surpresa.

Eu - =O

Thaís - Saudades! - "atacava-me" com beijos por todas as partes da cara

Eu - XD

Ela a envolver os seus braços pelo meu pescoço e não parava com os beijos.

Tom - porra! O.O

Su - Eu acho que vou á água... - vi-a pelo canto do olho a correr para água

Tom - espera aí! - correu atrás dela

Thaís saiu do meu colo mas manteve-se agarrada a mim.

Eu - Bem...isso é tudo saudades?!

Thaís - Demasiadas. - beijei-a - que tal de passeio da manhã?

Eu - Bom. A minha irmã está decidida a se fazer ao piso ao teu primo.

Thaís - Eles lá se entendem!

Rodei-a pela cintura e comecei a andar com ela até á água, ela a caminhar de marcha atrás e eu a beijá-la...

Thaís - é que eu adoro-te mesmo - dizia contra os meus lábios

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D